Professores estão mais favoráveis à tecnologia

Nestes mais de cinco meses em que o Brasil enfrenta os desafios impostos pela pandemia, a realidade dos professores mudou. Eles se adaptaram e, para muitos, a tecnologia passou de um enorme desafio para uma importante aliada. Dentre as diversas constatações, o estudo mostra também que os professores se sentem mais valorizados pela sociedade. Essas são algumas das conclusões da 3ª fase da pesquisa Sentimento e percepção dos professores brasileiros nos diferentes estágios do Coronavírus no Brasil, feita pelo Instituto Península com mais de 3.800 professores em todo o país entre 20 de julho e 14 de agosto de 2020.

Em abril e maio, na segunda fase da pesquisa, 83% dos professores afirmaram que não estavam preparados para o ensino virtual. Após a prática ter sido imposta pela pandemia e diretores de escolas públicas e privadas criarem formas para capacitar os docentes mesmo à distância, hoje, 49% afirmam que a falta de formação é um desafio para ensinar remotamente.

Como consequência, 94% dos professores indicaram que agora enxergam a tecnologia como muito ou completamente importante no processo de aprendizagem dos alunos. Antes, apenas 57% tinham essa percepção. Outro dado relevante é que 72% dos professores têm a percepção de valorização da sua carreira pela sociedade.

Em relação à retomada, em uma escala de 0 a 5, na qual 0 indicava nada confortável e 5 muito confortável com o retorno ao ensino presencial, a média dos entrevistados foi de 1,07. Mesmo se sentido valorizados, a pesquisa confirma ainda que eles continuam ansiosos (64%) e sobrecarregados (53%). E a maior preocupação na quarentena (75%) é em relação à saúde emocional dos alunos, à frente até mesmo da sua própria saúde mental (54%).

O IP vem acompanhando a realidade e a visão de futuro de educadores durante a pandemia do Coronavírus – essa é a terceira etapa da pesquisa. A primeira ocorreu logo no início da quarenta e a segunda, em abril e maio. A pesquisa Sentimento e percepção dos professores brasileiros nos diferentes estágios do Coronavírus no Brasil pretende ouvir os profissionais da Educação constantemente até o fim da crise relacionada à covid-19. Essa terceira etapa, assim como as anteriores, está disponível no site http://www.institutopeninsula.org.br.

Últimas postagens

Novo Dia Live

Previous articleNem tudo é Alzheimer
Next articleTudo tem explicação

Artigos Relacionados

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_imgspot_img