Portuguesa começa pagar suas dívidas. E pensa em voltar a ser grande

Clube já foi considerado um dos cinco gigantes de São Paulo, mas más administrações levaram-na para o buraco e divisões inferiores. Sobraram as dívidas

A Portuguesa de Desportos já foi grande. Incomodava os demais, enfrentava Santos, Palmeiras, Corinthiansl, São Paulo de igual para igual. Revelou bons jogadores e ganhou projeção nacional. Era também considerado o segundo time do coração dos torcedores de outras equipes. Uma sucessão de erros a levou para um estado de ostracismo único em sua história.

O maior problema chama-se dívida trabalhista. A estimativa é que ela chegue a R$ 50 milhões. Mas agora a Portuguesa conseguiu uma chance de resolver esse problema com a reunião de suas ações em fase de execução em um processo piloto da 59ª Vara do Trabalho de São Paulo. Com esse movimento iniciado a pedido do clube, atletas e funcionários que atuaram na Lusa em diversos períodos tem esperança de receber.

São vários processos em execução reunidos, de um total de 271 ações contra a Portuguesa. O clube, apesar de suas dificuldades para se reerguer, já fez 25 acordos extrajudiciais com redução dos valores devidos e também já pediu a designação de audiências de conciliação, por meio dos Centros Judiciários de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (Cejuscs) para firmar mais acordos.

Com processos que vão desde 2004 até os dias de hoje, alguns credores da Lusa são bem conhecidos, como o volante Moisés, campeão brasileiro pelo Palmeiras, hoje na China. Entre os nomes que podem se beneficiar da medida ainda estão o zagueiro Domingos, ex-Santos, o meia Maylson, o atacante Diogo, última grande revelação da Lusa vendido ao Olympiakos, com passagens por Flamengo, Santos, Palmeiras e atualmente joga no futebol da Tailândia.

“Legalmente é uma medida fundamentada no Provimento GP/CR Nº 02/2019 do Tribunal Regional do Trabalho, onde a Portuguesa preenche todos os requisitos para reunir as execuções trabalhistas e apresentar um plano para liquidar as dívidas. É certo que, há muito tempo o clube passa por momentos críticos e com essa iniciativa demonstra que tem condições de sair dessa situação e quitar os diversos funcionários e atletas que estão há muito tempo sem receber”, explica o advogado Bruno Gallucci que representa alguns jogadores em processos contra a Lusa. A proposta do clube é garantir pagamento de 30% da receita fixa – ao menos, R$ 250 mil mensalmente – para quitação dos diversos processos reunidos.

A Associação Portuguesa de Desportos foi fundada em 14 de agosto de 1920 por membros da comunidade portuguesa radicados na capital paulista e suas cores são o vermelho e o verde, em alusão à bandeira nacional de Portugal.

Quinto maior clube paulista ativo em títulos estaduais, participações na elite e número de pontos conquistados no Campeonato Paulista, passa por um momento de crise e declínio no futebol profissional, desde o título do Campeonato Brasileiro Série B de 2011 e permanência na elite em 2013, até 2018, quando não se classificou para alguma divisão do Campeonato Brasileiro pela primeira vez desde o início da era moderna da competição, em 1971.

O vice-campeonato brasileiro de 1996, o Campeonato Brasileiro da Série B de 2011, os títulos do Torneio Rio-São Paulo em 1952 e 1955 (a época o único campeonato interestadual do Brasil e precursor do Campeonato Brasileiro), e os três títulos do Campeonato Paulista (o último em 1973), ficaram marcados como os seus mais célebres momentos.

A Lusa, como também é conhecida, já contou com grandes jogadores da história do futebol brasileiro. Djalma Santos, Julinho Botelho, Félix, Leivinha, Marinho Peres, Enéas, Roberto Dinamite, Dener e Zé Roberto foram só alguns dos grandes futebolistas que jogaram pela equipe paulistana em seus mais de cinco mil jogos. Teve 6 jogadores convocados para quatro Copas da Seleção Brasileira (1954, 1958, 1962 e 1970), das quais três o Brasil foi campeão, tendo a melhor média nessa estatística.

Últimas postagens

Novo Dia Live

Artigos Relacionados

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_imgspot_img