Estrela do TikTok matou amiga enquanto fingia ser vilão do Batman

Mary Anne Oliver-Snow brincava bêbada com uma arma quando atirou acidentalmente em Helen Rose Hastings

Mary Anne Oliver-Snow, uma cosplayer de 22 anos e com 1,6 milhão de seguidores no TikTok, é acusada de homicídio culposo (quando não há intenção de matar) depois que atirou acidentalmente em sua amiga Helen Rose Hastings. A jovem – que estava bêbada – fingia ser o Pinguim, vilão do Batman, quando disparou na vítima. O relatório policial, repercutido em veículos internacionais, como Dexerto, Independent e Unilad, aponta que o crime aconteceu no dia 17 de janeiro, no Texas, Estados Unidos.

Documentos oficiais mostram que Oliver-Snow agiu de forma “ilegal e imprudente e causou a morte de Helen Rose Hastings”. Ela apontou a arma, que estava carregada, e puxou o gatilho.

Em depoimento à polícia, a tiktoker disse que “todos estavam bebendo” e que ela ficou muito bêbada. Foi dito às autoridades que a arma era de um ex-namorado de Oliver-Snow e que ela achava que todas as balas tinham sido retiradas.

O grupo de amigos assistia a ‘Gotham’ quando Snow disse que tinha uma arma, assim como Pinguim, o vilão do Batman. A amiga e vítima, então, teria brincado e dito “oh, atire em mim”. Foi quando a tiktoker apontou e atirou, sem saber que a arma estava carregada.

Mary Anne Oliver-Snow foi presa um dia depois, em 18 de janeiro, e solta após pagar uma fiança de US$ 20 mil (107 mil reais). Os rumores sobre o assassinato só surgiram nas redes no dia 27 de setembro – e se confirmaram.

Últimas postagens

Novo Dia Live

Artigos Relacionados

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_imgspot_img