Calma, agora há cirurgia odontológica sem cortes

As inovações tecnológicas associadas aos tratamentos odontológicos têm feito muita gente esquecer aquela crença antiga de medo do dentista e de dor. Isso porque com essas novas técnicas, todo o processo passa a ser realizado sem o uso de bisturis, sem realização de cortes e, portanto, também sem necessidade de pontos.

De acordo com o professor e cirurgião-dentista José Márcio do Amaral, que é diretor do Instituto Implante Vida, mestre e especialista em Implantodontia e coordenador dos Cursos de Especialização em Implantodontia da Universidade Metropolitana de Santos, uma dessas novas técnicas, que está revolucionando os tratamentos de implantes dentários, é a cirurgia guiada.

“Essa técnica representa um avanço muito importante na área odontológica, pois vem atender às pessoas avessas a intervenções odontológicas convencionais e também àquelas que possuem dificuldades de cicatrização, como, por exemplo, os diabéticos, explica. Além disso, a cirurgia guiada para colocação de implantes permite ao paciente um rápido retorno às atividades de rotina, o que torna a experiência no consultório muito mais confortável e segura, dispensando procedimentos incômodos com bisturis, cortes e pontos”.

A segurança do processo deve-se exatamente a toda tecnologia envolvida do início ao fim. Explicando o procedimento, primeiramente é feita a tomografia computadorizada, onde é possível em imagem 3D ver a estrutura óssea, ou seja, se existe osso suficiente para a colocação do implante. Na sequência, toda a parte interna da boca do paciente é escaneada, gerando também uma imagem 3D que mostra a posição onde falta o dente que será reposto.
“Com o auxílio de um software no computador, unimos as imagens que mostram a estrutura do osso e o espaço para o dente e simulamos digitalmente a posição ideal para colocação do implante. Sendo assim, no momento da cirurgia é possível saber o local exato onde o implante e dente deverão ser colocados. A partir desses dados criamos um guia em uma impressora 3D e este será o responsável por orientar exatamente a perfuração para colocação do implante no dia da cirurgia, evitando a necessidade de cortes e pontos”, explica José Márcio.

O resultado, segundo o cirurgião-dentista, é uma cirurgia com resposta inflamatória menor, sem edemas, hematomas e sem sangramento, respostas comuns nas cirurgias convencionais. Desse modo o paciente volta no dia seguinte às suas atividades profissionais e sociais, porque o pós-operatório é mínimo.

Últimas postagens

Novo Dia Live

Artigos Relacionados

Leave a reply

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_imgspot_img